Uber oferecerá vantagens financeiras para incentivar adoção de carros elétricos

20/06/2018 07:56 Tecnologia e Ciência
Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

Uber

Após a Dara Khosrowshahi assumir o posto de CEO da Uber, a empresa tem se esforçado para retomar os bons olhos dos usuários no mundo. Passadas as maiores polêmicas, agora a Uber investe em ações para promover melhorias no deslocamento urbano sem deixar de lado a preocupação em proteger o meio-ambiente, como quando, em abril, anunciou a compra da JUMP Bikes, startup de Nova Iorque especializada em bicicletas elétricas.

Conforme anunciado pela empresa nesta terça-feira (19), a Uber está incentivando seus motoristas parceiros a adotarem tecnologias energéticas mais limpas. Os profissionais que abandonarem seus veículos que consomem combustíveis fósseis e aderirem aos carros elétricos terão bônus financeiros como forma de estimular a mudança. Os planos da Uber são de facilitar 5 milhões de viagens energeticamente limpas nos próximos 12 meses.

“A menos que possamos oferecer uma forma mais eficiente de mobilidade, não forneceremos uma boa solução que as cidades precisem. É por isso que entramos nas bicicletas. É por isso que estamos trabalhando com o trânsito. É por isso que estamos focados na eletrificação", disse Adam Gromis, responsável pelas decisões de sustentabilidade da Uber.

Os primeiros testes com incentivos financeiros com veículos eletrificados ocorrerão em Austin, Los Angeles, Montreal, Sacramento, San Diego, São Francisco e Seattle, com valores de incentivo fiscal variando de cidade para cidade.

Em Sacramento, por exemplo, uma parceria com a entidade municipal (SMUD) fornecerá US$ 1,25 como bônus por viagem concluída em veículo sem emissões de gases, que a Uber arredondará para US$ 1,50. Além do bônus adicional, os motoristas poderão contar com acesso ao carregamento gratuito dos carros elétricos ofertado pela administração municipal.

Já em San Diego, a Uber pagará um dólar por viagem concluída em veículos elétricos híbridos (PHEV) ou carros elétricos a bateria (BEV), além de haver uma estação de carregamento de EV sendo instalada no local. Os bônus estão limitados a US$ 20 por semana.

Em Los Angeles, não haverá benefícios financeiros diretos para os motoristas, mas ainda assim a empresa fornecerá assistência educacional aos parceiros interessados em fazer a mudança. Outras localidades estão sendo cotadas para receber ações de incentivo, como é o caso de Pittsburgh, onde a Uber pretende investir cerca de US$ 5 mil em incentivos para os motoristas parceiros em 2018.

Fonte: The Verge

Fonte: Canal Tech

COMENTÁRIOS

Usando sua conta do Facebook para comentar, você estará sujeito aos termos de uso e politicas de privacidade do Facebook. Seu nome no Facebook, Foto e outras informações pessoais que você deixou como públicas, irão aparecer no seu comentário e poderão ser usadas nas plataformas do Tribuna de imprensa.