Acusado de nepotismo, prefeito é afastado do cargo e vice assume

Itamar Bilibio é acusado de contratar a esposa como secretária de Assistência Social; MP pede devolução de R$ 974 mil
11/07/2018 10:19 Política
Itamar Bilibio exerce o segundo mandato consecutivo na Prefeitura de Laguna Carapã (Foto: Divulgação)
Itamar Bilibio exerce o segundo mandato consecutivo na Prefeitura de Laguna Carapã (Foto: Divulgação)

Acusado de nepotismo, o prefeito de Laguna Carapã Itamar Bilibio (MDB) foi afastado do cargo. A decisão foi tomada ontem (10) pelo juiz da 6ª Vara Cível da comarca de Dourados, José Domingues Filho, a pedido do Ministério Público de Mato Grosso do Sul.

Em ação impetrada pelo titular da 16ª Promotoria de Justiça de Dourados Eteocles Brito Mendonça Dias Junior, Bilibio é acusado de improbidade administrativa por nomear a esposa, Vera Lúcia Lorenzoni Bilibio, como secretária de Assistência Social.

Segundo o MP, a nomeação ocorreu eu 2013 sem que ela tivesse qualificação necessária para o cargo. Itamar Bilibio cumpre o segundo mandato consecutivo.

Nesta quarta-feira (11), um oficial de justiça foi até a Prefeitura de Laguna Carapã para notificar o prefeito sobre a decisão judicial, mas Itamar Bilibio não foi encontrado. Por telefone, ele informou que está viajando.

Ao Campo Grande News, Bilibio disse que “está na estrada” e que só mais tarde poderá falar sobre o caso. O vice prefeito Doreli Portela foi notificado sobre a decisão e informado para tomar posse do cargo interinamente.

Além do afastamento do prefeito, a ação pede a devolução de R$ 974 mil - R$ 374 mil pelo dano decorrente da conduta ilícita e R$ 600 mil como multa equivalente a 100 vezes o salário pago à esposa do prefeito.

Fonte: Helio de Freitas, de Dourados / Campo Grandes News

COMENTÁRIOS

Usando sua conta do Facebook para comentar, você estará sujeito aos termos de uso e politicas de privacidade do Facebook. Seu nome no Facebook, Foto e outras informações pessoais que você deixou como públicas, irão aparecer no seu comentário e poderão ser usadas nas plataformas do Tribuna de imprensa.