Paraguai investiga morte de mulher por overdose em motel da fronteira

Morte ocorreu no domingo à noite; mulher de 28 anos foi levada para uma clínica particular, mas morreu antes de ser atendida
07/08/2018 13:23 Cidades
Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

Mais uma morte misteriosa chama a atenção na Linha Internacional entre Pedro Juan Caballero, no Paraguai, e Ponta Porã, cidade sul-mato-grossense a 323 km de Campo Grande.

Na noite de domingo (5), a paraguaia Liz Rossana Meza Morán, 28, passou mal em um motel de Pedro Juan e morreu logo após ser socorrida para uma clínica particular da cidade. A suspeita é que ela tenha sofrido uma overdose por uso de cocaína.

Nesta terça-feira (7), o departamento de investigações da Polícia Nacional e a Promotoria de Justiça iniciaram a investigação para descobrir as circunstâncias da morte.

Segundo policiais que acompanham o caso, Liz Rossana teria sido levada à clínica particular San Lucas, em Pedro Juan Caballero, por uma amiga, chamada até o motel após Liz Rossana desmaiar.

As pistas levantadas até agora revelam que Liz Rossana e seus acompanhantes, ainda não identificados, teriam usado droga e a mulher desmaiou. Em seguida, as outras pessoas deixaram o apartamento e desapareceram.

Liz foi levada para a clínica pela amiga, que não estava no motel e foi ao local para socorrer a amiga. Quando a mulher chegou à clínica no carro da amiga, os médicos constataram que ela já estava morta.

A investigação conduzida pela promotora Sandra Díaz tenta identificar as pessoas que estavam com Liz Rossana no motel. A suspeita é de que sejam pessoas conhecidas na fronteira.

Fonte: Helio de Freitas, de Dourados / Campo Grandes News

COMENTÁRIOS

Usando sua conta do Facebook para comentar, você estará sujeito aos termos de uso e politicas de privacidade do Facebook. Seu nome no Facebook, Foto e outras informações pessoais que você deixou como públicas, irão aparecer no seu comentário e poderão ser usadas nas plataformas do Tribuna de imprensa.